Belém

Belém do Pará

Postado dia 13 de abril de 2016

Como não começar o blog falando da cidade onde eu nasci?

Pois é gente, Belém será a primeira cidadezinha a ser abordada por aqui, pra abrir o blog com chave de ouro, não é?

Bom, Belém é a capital de um dos maiores estados do país, o Pará. Atualmente, Belém está sendo bastante visitada e conhecida por sua gastronomia que é deslumbrante, mas antes de falarmos sobre comilanças vamos explorar onde visitar.

Belém é uma cidade relativamente pequena, com 1.070 km² e uma população de aproximadamente um milhão e meio de habitantes. Se você for passear em Belém reserve pelo menos três dias para conhecer o básico da cidade. Vou deixar aqui um mini roteirinho do que fazer no primeiro dia.

Dia 1 – Theatro da Paz, Praça da República e Cidade velha

Nesta região da cidade têm vários museus e igrejas que valem à pena, e como esses lugares não abrem às segundas é aconselhável ir de terça à domingo.

No primeiro dia de manhã você pode fazer o tour pelo Theatro da Paz, teatro fundado no período áureo do Ciclo da Borracha, quando ocorreu um grande crescimento econômico na região amazônica. A sua arquitetura é riquíssima, sendo considerado um dos teatros mais bonitos do Brasil.

theatro da paz

Fotos da área externa e interna do teatro.

Depois pode passear pela Praça da República, o melhor de tudo é que o Theatro da Paz fica no meio da praça, sendo super conveniente tomar uma água de coco e apreciar o corredor de mangueiras que é formado na Avenida Presidente Vargas, ao final desta rua você pode se deliciar no Point do Açaí, restaurante que vende tudo com açaí, tudo mesmo!, açaí com carne seca, com camarão, com tapioca e muito mais… só não com granola please!

Depois de almoçar, você pode ir andando para o próximo destino, o bom é que já vai fazendo a digestão, que é o Museu de Artes Sacras do Pará, situado no complexo Feliz-Lusitânia (denominação usada por colonizadores .portugueses para o núcleo inicial do município de Belém) . Para quem gosta de história essa é uma boa referência, conta um pouco da história da cidade, mostra objetos indígenas e é também precioso pela sua arquitetura. Vale ressaltar que a Igreja de Santo Alexandre é anexa ao museu, podendo ser visitada.

Logo em frente ao museu está situada a Catedral de Belém, que por fora parece meio descuidada, mas super compensa a visita quando você entra e vê a beleza do local.

Catedral Belém

Catedral Metropolitana de Belém

Neste mesmo complexo está localizado a Casa das Onze janelas, espaço que abriga um pequeno museu com exposições temporárias. Logo ao lado está o Forte do Presépio, onde tem uma exposição fixa sobre o material encontrado durante pequenas escavações no local. Acredito que depois disso tudo você esteja morto de fome e queira comer  um delicioso peixe na Estação das Docas, outro ponto turístico de Belém, talvez o mais famoso.

Casa das onze janelas

Kelvin posando para a foto no forte

A Estação das Docas fica à beira da baia do Guajará e oferece, em um só lugar, opções de gastronomia, moda, lazer e eventos. Se der tempo, chegue para o pôr-do-sol, um dos mais belos na cidade.

Quem aí tem vontade de ir para Belém? Querem mais posts sobre a cidade?

Beijos e até o próximo <3




Thália Gama
Botânica, amante de viagens, aventuras, brigadeiro, chocolate, e tudo o que há de bom nessa vida.

POSTS RELACIONADOS

Você também pode se interessar pelas postagens abaixo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentarios

Comentarios