Brasil

Foz do Iguaçu

Postado dia 5 de julho de 2016

Após muitas paradas (Belém – Brasília – Guarulhos/SP e Curitiba) cheguei em Foz do Iguaçu. Cidade que tem um aeroporto pequeno, porém que recebe vôos internacionais com frequência. Fiquei hospedado no hotel Mabu Interludium Iguassu (com dois “s” mesmo) que é muito bom em serviços (exceto o Wi-Fi q não funcionava em todo quarto). O café da manhã e almoço com cardápios excelentes.

img_4997

Passeios

Não dá pra ir em Foz do Iguaçu e não visitar as cataratas. O hotel fica há uns 30 a 40 minutos de carro e táxi não é tão caro. Até lá, percebi que a cidade tem outras atrações como banhos termais e restaurantes do tipo churrascaria com shows e tudo mais. Chegando ao Parque Nacional do Iguaçu (onde ficam as cataratas) você tem noção real da magnitude.image1-1-1

A entrada é gigante e cheia de turistas e portanto, filas grandes. O parque é considerado patrimônio natural da humanidade, logo atrai turistas do mundo todo (MUITOS ORIENTAIS/MUITAS CÂMERAS/MUITAS FOTOS) hahaha

O ingresso custa 35 reais e você tem direito ao transporte até as cataratas. Um SUPERDICA é: compre capa de chuva fora do parque. Dentro elas custam 40 reais e fora apenas 20. São capas de plástico que rasgam fácil mas vão ser mega úteis caso você não queira tomar banho. Haha

Processed with VSCO with f2 preset

Chegando às cataratas é emoção. (Prepare-se pra andar MUITO) a cada ponto de parada você se surpreende mais com as grandiosidade e magnitude das cachoeiras gigantes. Mas se sua bateria do celular ou câmera estiver acabando, guarda as fotos pro final, onde tem as melhores vistas.

Processed with VSCO with g3 preset

Após 7 paradas e visões incríveis das cataratas você chega a mais surpreendente e cheia de adrenalina. Você vai entrar na água. SIIIM! Uma das pontes leva os visitantes pra MUITO próximo da queda d’Água a ponto de você sentir um vento muito forte e muita água em você. É mágico! Uma sensação de conexão muito grande com a natureza. É indescritível mesmo. Gaste a maior parte do seu tempo aqui nessa parte do passeio.

img_5695

Uma outra dica é: após entrar na queda d’Água, suba o elevador, pois de lá você tem uma vista panorâmica das cataratas.

Ao terminar o passeio é válido dar uma passada na lojinha oficial do Parque. Apesar de ser tudo MUITO caro (exemplo imã de geladeira 15 reais cada um) vale a pena levar uma recordação de um lugar tão especial.

Processed with VSCO with f2 preset

Foz do Iguaçu gira em torno da catarata e da hidrelétrica e esses dois fatores fizeram a cidade crescer mais nos últimos tempos.

Além disso, a cidade fica muito próximo de fronteiras com outros países como Paraguai e Argentina. Esses locais têm muitos cassinos, festas e FEIRAS QUE VENDEM COISAS MUITO BARATAS. MUITO.

img_5002

Na cidade de Foz, tem também um tipo de restaurante que achei bem interessante. É casa de show cultural e restaurante. Na noite em que eu fui tinha apresentação de ritmos latinos e foi sensacional. Danças bem animadas e costumes de vários países da América latina eram apresentadas num palco no centro do restaurante enquanto todos comiam e bebiam. Tinham turistas do mundo todo participando do show interativo (lembro de um oriental que teve que sambar. Eu ri muito nessa hora). O valor do restaurante eu não lembro mas a comida é por quilo e não é tão cara.

 

Processed with VSCO with g3 preset

Espero que vocês tenham gostado!




POSTS RELACIONADOS

Você também pode se interessar pelas postagens abaixo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentarios

Comentarios